4 erros de Gestão de Custos que a sua empresa não pode cometer

A gestão de custos não é vantajosa somente para a organização financeira da empresa. Ela também possibilita uma perspectiva muito melhor dos negócios. Por exemplo, quais investimentos estão gerando bons resultados, quais custos podem ser cortados para a economia, como os preços devem ser formados, etc.

Como gestor financeiro, você não pode focar apenas no dinheiro que há no caixa ao final do mês. É necessário ter total controle sobre todos os aspectos envolvendo os custos da empresa. O seu trabalho influencia as atividades (e o futuro) da companhia inteira.

Sendo assim, no texto de hoje, iremos reforçar a importância da gestão de custos para o funcionamento da empresa, assim como mostraremos quais erros você não deve cometer na sua gestão. Fique com a gente até o final!

Gestão de custos: o que é e como funciona?

Basicamente, a gestão de custos é o gerenciamento inteligente das despesas de um empreendimento. É óbvio que os gastos sempre existirão, contudo, é importante que eles sejam bem-feitos e bem cuidados para não gerarem consequências no futuro.

Ter uma gestão de custos eficaz proporciona uma visão mais cristalina das diversas oportunidades para melhorar a margem de lucro e o investimento, além de possibilitar uma tomada de decisões mais assertivas, melhorando a segurança e confiança na performance da empresa.

Acredite, não é porque essa gestão é essencial que ela é feita corretamente. Pelo contrário, existem muitos gestores que acham que devem se preocupar somente com o número que está no caixa ao fim de cada mês, sem fazerem ideia de quais caminhos o dinheiro percorreu para chegar lá.

Caso ainda não tenha ficado clara a importância da gestão de custos para a sua empresa, preparamos uma breve lista com as principais vantagens que ela oferece. Preste bem atenção:

  • Redução dos gastos desnecessários

Com todos os problemas financeiros enfrentados no contexto atual, é importante saber diminuir os custos desnecessários. Ao ter o controle sobre as contas da empresa, você pode observar bem quais recursos estão sendo bem utilizados e quais não estão gerando resultados relevantes. Assim, é possível evitar desperdício e otimizar a aplicação do dinheiro.

  • Formação de preços

A gestão de custos e a formação de preços precisam andar sempre juntas. Afinal, apenas com um bom gerenciamento você consegue entender os aspectos financeiros dos negócios e fazer uma formação de preço correta, que seja competitiva no mercado, mas que tenha coerência com a necessidade de aumentar a receita.

Veja também: Formação de preço: entenda a importância e conheça os principais métodos

  • Projeção do futuro

Essa gestão possibilita a análise do passado e do presente, bem como estimar o futuro financeiro da empresa. Com ela, é possível identificar tendências, avaliar possíveis cenários, corrigir problemas e aumentar os recursos, o que maximiza as chances de sucesso ao longo do tempo.

  • Decisão de investimentos

Muitos gestores e coordenadores acham que o melhor a se fazer em tempos de crise é parar todos os investimentos. Entretanto, isso pode acabar estagnando a empresa ao invés de melhorar a situação. Uma gestão de custos bem-feita consegue visualizar onde se pode aplicar o dinheiro de forma lucrativa e sem prejudicar as finanças.

Agora que você compreendeu melhor o que é e quais são as vantagens da gestão de custos, está na hora de entender quais são os erros que não devem ser cometidos.

Veja também: Como fazer a gestão de custos de maneira eficiente na empresa?

Dê uma olhada nos 4 erros de gestão de custos que você não deve cometer

Conheça a seguir os 4 principais erros de gestão de custos que podem prejudicar os seus negócios e saiba como evitá-los. Veja a seguir:

1- Negligenciar o preço dos produtos ou serviços

Como já afirmamos antes, a gestão de custos e a formação de preços precisam andar sempre juntas. Muitos profissionais acabam decidindo priorizar apenas o valor para o mercado e esquecem de todas as despesas realizadas para fazer o produto ou serviço.

É preciso saber equilibrar um valor competitivo com um que cubra os gastos iniciais e gere algum lucro para a empresa. Na gestão, é crucial sempre olhar todos os lados e não estar focado apenas em um.

2- Não reconhecer todos os custos

Um dos piores erros que podem ser cometidos na gestão de custos é não conhecer todos os gastos gerados pela empresa. Às vezes, pode parecer que o responsável tem tudo nas mãos, quando na verdade ele apenas considera os custos principais e se esquece daqueles considerados “invisíveis”.

Esses custos invisíveis não são considerados importantes e assim prejudicam o sucesso das metas, comprometendo os resultados. Como exemplo, podemos citar os custos relacionados ao desperdício e às perdas na produtividade.

3- Confiar no dinheiro a receber

Este é um erro muitíssimo comum, pois muitos coordenadores e gestores decidem contar com um dinheiro que eles ainda irão receber na hora de gastar.

É claro que é preciso fazer previsões e ter uma estimativa sobre os valores que poderão entrar no futuro. No entanto, realizar um investimento contando com esse dinheiro a ser recebido como se fosse algo certo é perigoso.

Isso porque pode ser que o valor esperado acabe nunca chegando ao caixa da empresa, o que resultará em um prejuízo sério para os negócios. Então é importante separar a receita prevista da receita real e apenas gastar o que se tem e não o que se poderá receber.

4- Não analisar o fluxo de caixa

O fluxo de caixa representa tudo o que entra e sai da empresa. Quem não prestar atenção ao que está acontecendo com ele irá perder informações preciosas para a gestão das finanças.

Muitos observam apenas o dinheiro que entra e acham que está tudo certo, quando na verdade esse recurso pode não ser proporcional ao valor que sai do caixa. Por isso, analisar o fluxo irá oferecer uma tomada de decisão mais assertiva na hora de gastar e de vender.

Evitar esses erros irá melhorar todas gestões da empresa, aumentando o controle e tornando as decisões mais seguras. Contudo, não basta apenas seguir essas dicas, é preciso estar em constante busca de conhecimento para evoluir na sua profissão.

Realizar cursos é uma ótima maneira de se atualizar e de melhorar em suas atividades. O curso de Gestão Estratégica de Custos, da NWZ Treinamentos, é perfeito para você que deseja realizar uma gestão de custos mais eficiente.

3 Cometários

Participe da discussão

3 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *