Contabilidade de custos: o que é e como fazê-la?

Para que uma empresa possa usufruir de uma gestão de recursos eficiente, é essencial contar com uma boa contabilidade de custos.

Esta área da contabilidade tem como um de seus objetivos permitir aos profissionais que nela trabalham enxergar todas as quantias envolvidas na produção de certo produto ou serviço.

Neste artigo, falaremos sobre o que é a contabilidade de custos e mostraremos para o que ela serve, além de dar dicas sobre como fazê-la. Continue lendo!

O que é e para que serve a contabilidade de custos?

A contabilidade de custos é proveniente da contabilidade geral e tem duas funções bastante relevantes. A primeira é o auxílio no controle das finanças e a segunda diz respeito à ajuda nas tomadas de decisões.

Em relação ao controle das finanças, a sua missão é fornecer informações suficientes para o estabelecimento de padrões, orçamentos e outras formas de previsão. Com base na contabilidade de custos, o gestor deve fazer o acompanhamento dos dados atuais, confrontando-os com as estimativas.

Quanto à tomada de decisão, seu papel consiste na obtenção de dados relevantes que tenham relação com as consequências de curto e de longo prazo sobre a administração de preços de vendas, corte de produtos, etc.

Nos últimos anos, a contabilidade de custos se desenvolveu bastante. Antes, ela era tratada como uma auxiliar na avaliação de estoques e de lucros globais. Hoje, tem grande importância no controle do orçamento e nas decisões gerenciais.

Uma prova disso é que antigamente ela era muito utilizada apenas por indústrias, mas, devido a sua funcionalidade, este uso se popularizou. Hoje, diversas empresas, de instituições financeiras a lojas comerciais, passaram a explorar seu potencial e começaram a aplicá-la em sua gestão.

Quando o gestor entende os custos da empresa, ele tem mais subsídios para calcular se o valor cobrado por um produto ou serviço está correto, se realmente vale a pena continuar prestando determinado serviço e muito mais.

Veja também: Controle de custos e despesas: como fazer de forma eficiente

Funções da contabilidade de custos

Agora, citaremos mais algumas funções da contabilidade de custos para que fique ainda mais claro para o que ela serve. Confira:

  • Estima os custos para determinado período;
  • Fornece maior controle em relação ao que é produzido através do cálculo do custo médio;
  • Permite maior controle sobre as despesas de produção;
  • Identifica maneira de racionalizar os custos;
  • Auxilia na definição de venda de um produto.

Entender de gestão de custos é muito importante, como você já deve ter percebido. Conhecer as diferenças entre contabilidade financeira e contabilidade gerencial também faz muita diferença.

Então, caso não tenha familiaridade com estes dois outros tipos de contabilidade, confira o texto que já publicamos sobre esse assunto: 4 erros de Gestão de Custos que a sua empresa não pode cometer.

Talvez você reconheça a relevância da contabilidade de custos, mas não saiba como fazê-la. Se este for o seu caso, continue a ler e nós vamos te dar muitas dicas que farão a diferença no seu trabalho!

Como fazer a contabilidade de custos?

Além das funções citadas, a contabilidade de custos também é um ótimo meio de acompanhar a evolução contábil da empresa, sendo também essencial para otimizar os lucros e realizar a redução dos gastos.

Agora, permaneça lendo para aprender como fazer contabilidade de custos em seu negócio e assim estabelecer um capital mais rentável a longo prazo!

Elabore a lista dos custos

Primeiramente, liste todos os custos e despesas da empresa. É importante não deixar nenhum deles de fora para que você consiga enxergar os gastos em sua completude e saber se é possível arcar com eles. Faça isso com bastante detalhamento.

Determine os custos diretos e indiretos

Antes de qualquer coisa, vamos entender o significado de cada termo. Custos diretos são aqueles ligados diretamente à produção de um produto ou serviço. São todas as despesas conectadas à elaboração do produto ou serviço que você irá oferecer no mercado.

Os custos indiretos são os que não estão necessariamente ligados à produção do bem ou serviço que a empresa comercializa. Alguns exemplos são despesas com administração, marketing e equipe financeira.

Compare o custo direto com o preço de venda

Nesta etapa, você irá descobrir se os gastos feitos estão compatíveis com o retorno financeiro obtido. Ao realizar a comparação, será possível entender se o custo direto é menor ou maior do que o preço de venda e se ele está fornecendo uma boa margem de contribuição.

Caso o preço de venda seja maior que o custo direto, será possível seguir para a próxima etapa. Em caso negativo, você precisará rever o preço de venda a fim de ajustar a situação.

Descubra o ponto de equilíbrio

O ponto de equilíbrio é a quantidade ou valor que um negócio precisa arrecadar a fim de cobrir o custo das mercadorias vendidas e as despesas. Aliás, é mais fácil calcular o ponto de equilíbrio das mercadorias quando uma menor quantidade de produtos é analisada.

Determine o preço de venda

Ao realizar todas as etapas anteriores, será possível definir qual preço poderá ser cobrado pelo item ou serviço que a sua empresa oferece no mercado.

Mas, quando a companhia não consegue vender uma quantidade suficiente para lucrar, isso pode significar que o valor de venda do item precisa ser aumentado ou que ela deve buscar um fornecedor que possa lhe proporcionar materiais com um preço melhor.

Gostou do artigo? Agora você entendeu melhor como fazer contabilidade de custos e compreendeu ainda mais a sua importância para o bom funcionamento de uma empresa.

Temos a certeza de que essas informações lhe ajudarão a tomar as decisões certas, usando ainda melhor os recursos disponíveis e que em breve o seu conhecimento vai lhe permitir conquistar o lugar que merece no mercado.

Realizar cursos é uma ótima maneira de se atualizar e de melhorar em suas atividades. O curso de Gestão Estratégica de Custos, da NWZ Treinamentos, é perfeito para você que deseja realizar uma gestão de custos mais eficiente.

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *